www.googletagmanager.com Prefeitura de Porto Velho Ir para conteúdo

TAFENOQUINA
Tratamento pioneiro contra malária será tema de capacitação para profissionais de saúde em Porto Velho

10/Jun/2024 - 09:23

G6PD e algorítmo de tratamento da doença serão abordados no treinamento para servidores da rede municipal

A qualificação é gratuita e conta com mais de 230 pessoas inscritasA Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) realiza, de 11 a 13 de junho, um treinamento especializado em testagem de G6PD e algorítmo de tratamento da malária para profissionais que atuam na rede municipal de saúde. A qualificação é gratuita e conta com mais de 230 pessoas inscritas.

A capacitação vai abordar técnicas de testagem de G6PD e os mais recentes algoritmos de tratamento da malária, além de atualizações e práticas sobre diagnóstico e tratamento da doença.

Podem participar médicos, microscopistas, enfermeiros, biomédicos, bioquímicos, farmacêuticos, agentes de combate às endemias, atendentes de farmácia, entre outros servidores da área da saúde. Oportunidade para aprimorar conhecimentos e habilidades voltados ao manejo da malária.

O evento é realizado pelo Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Semusa, através do Núcleo de Diagnóstico da Malária. Rosilene Ruffato, enfermeira e técnica do núcleo, explica que a implementação da Tafenoquina como tratamento de primeira linha para a malária vivax é uma conquista significativa no combate a essa doença.

O Brasil lidera a implementação desse novo protocolo de tratamento em larga escala“A sua eficácia, aliada à sua conveniência de ser administrada em dose única, promete melhorar não apenas a adesão dos pacientes ao tratamento, mas também contribuir para uma maior taxa de cura”, ressalta a profissional.

ESTUDO PIONEIRO

Porto Velho participou, durante dois anos, do estudo chamado “Tafenoquine Roll-oUt Study’’ (TRuST), que observou a evolução dos pacientes tratados com a droga. O envolvimento ativo da capital no estudo, junto a Manaus, demonstra um compromisso sério com a saúde pública e a busca por soluções eficazes.

“O sucesso desse estudo, com resultados positivos tanto para os pacientes quanto para os profissionais de saúde, é um exemplo inspirador de cooperação e pesquisa aplicada. A disponibilização do teste de G6PD também é crucial, pois permite uma abordagem mais segura e personalizada do tratamento, garantindo que os pacientes recebam a terapia mais adequada às suas condições individuais”, aponta Rosilene Ruffato.

O Brasil lidera a implementação desse novo protocolo de tratamento em larga escala, destacando-se como um pioneiro no uso da Tafenoquina. Essa iniciativa, além de beneficiar os pacientes diretamente afetados pela malária vivax, também vai estabelecer um precedente para abordagens inovadoras no combate a outras doenças.

TREINAMENTO

Data: 11, 12 e 13 de Junho de 2024
Horário: Das 8h às 18h
Local: Centro Universitário Aparício Carvalho (Fimca), r. das Araras, 241 - Eldorado, Porto Velho

Texto: Semusa
Foto: SMC

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Compartilhe nas redes:
Twitter Whatsapp

Utilizamos cookies em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
2024 © Prefeitura de Porto Velho - RO - SMTI