imagem do corona vírus
Se apresentar sintomas leves de gripe como: tosse, coriza, dor de cabeça, ligue: 0800 647 5225

ECONOMIAPorto Velho firma parceria de cooperação para incluir artesãos no Programa de Artesanato Brasileiro

09/Mar/2022 - 12:56

Profissionais se beneficiarão com logística e participação em feiras nacionais

Parceria se deu através da Semdestur e SejucelCom o propósito de incluir artesãos porto-velhenses no Programa de Artesanato Brasileiro (PAB), a Prefeitura firmou parceria com o Estado para possibilitar, desenvolver e valorizar o artesanato da capital. A assinatura do termo de responsabilidade foi realizada na manhã desta quarta-feira (9), no Palácio Rio Madeira.

O termo foi assinado entre a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur) e a Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel). Na prática, a parceria vai beneficiar os artesãos com a emissão de nota fiscal, facilidade na hora de comprar a matéria-prima para a confecção dos produtos e com os serviços de logística, além de proporcionar a participação dos artesãos em feiras nacionais com viabilização de exportação dos produtos para outros países.

“Com essa parceria inédita também será possível emitir a carteirinha do PAB, que tem como objetivo dar legitimidade à profissão de artesão, incluindo este profissional no corredor das feiras nacionais, além de elevar seu nível cultural, profissional e econômico por meio de ações que possibilitarão a consolidação do artesanato do nosso município no cenário nacional”, destaca a titular da Semdestur, Glayce Bezerra.

Inclusão no PAB deverá trazer inúmeros benefícios aos artesãos da capital “A partir desse momento juntamos as forças, principalmente pensando em quem está na ponta, que são os artesãos. Será um marco para o desenvolvimento do artesanato na capital”, reforçou Jobson Bandeira, superintendente da Sejucel.

Com a finalidade de coordenar e desenvolver atividades destinadas à valorização do artesanato e do artesão, o PAB surge com o sentido de gerar oportunidades de trabalho e renda, aproveitando vocações regionais para promover a preservação cultural das regiões brasileiras com o preparo da mentalidade empreendedora dentro do mercado competitivo.

“É muito gratificante participar deste momento histórico para Porto Velho e acredito que nesse mesmo passo, é muito importante também levar o nosso trabalho para as escolas, a fim de formar novos artesãos e gerar novos consumidores”, disse o artesão Ronaldo Farias.

Texto: Carlos Sabino
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho