imagem do corona vírus
Se apresentar sintomas leves de gripe como: tosse, coriza, dor de cabeça, ligue: 0800 647 5225

IMUNIZAÇÃOAções estratégicas marcam um ano de vacinação contra a covid-19 em Porto Velho

19/Jan/2022 - 08:59

Ampliação dos pontos de vacinação, drive-thru e tecnologia foram destaques

Vacinação contra a covid-19 chegou aos quatro cantos do município

O município de Porto Velho já ultrapassa 703 mil doses de vacinas aplicadas contra a covid-19. O reflexo desse resultado faz parte de um árduo trabalho desenvolvido desde o início do processo de imunização, há um ano, pela Prefeitura de Porto Velho.

Município implementou estratégias para viabilizar a imunizaçãoO planejamento estratégico liderado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Gerência de Imunização, foi crucial para a celeridade na vacinação, tanto na capital quanto nos distritos. Foram 365 dias de atuação, que envolveu profissionais da saúde, voluntários, parcerias com as demais pastas municipais, entre outras instituições públicas e privadas.

“Nós tínhamos um imenso desafio que era vacinar um grande contingente de pessoas em um município tão complexo, como Porto Velho. Ainda assim, conseguimos levar as vacinas aos lugares mais distantes, como nas comunidades do baixo Madeira e demais distritos”, lembra o prefeito Hildon Chaves.

No dia 19 de janeiro de 2021 foi dado o início à construção de um novo cenário, com doses de alívio e esperança para a população. A gerente de Imunização da Semusa, Elizeth Gomes vivenciou de perto esse processo e que a abertura da vacinação.

Elizeth Gomes, gerente municipal de Imunização “Foi algo marcante para nós. Iniciamos com um público prioritário e tive a honra de ministrar uma das primeiras vacinas numa servidora antiga. Lembro que na oportunidade, também tivemos um médico e também um enfermeiro sendo vacinados. Foi um privilégio fazer parte desse momento e, também, ter recebido a vacina nesse primeiro dia. Após tantas perdas de colegas, surgiu esperança para nós”, detalhou Elizeth.

ATUAÇÃO DIFERENCIADA

A gerente de Imunização também pontuou a importância do aprendizado no decorrer de um ano na linha de frente das ações de vacinação contra a covid-19.

“Eu já havia atuado em diversas campanhas, mas nada comparado a essa. Tudo foi diferente, desde a nossa estrutura à logística com os nossos profissionais. Começando pelos cuidados com a vacina, preparo de equipes, treinamentos on-line, adequação ao novo ritmo de trabalho, demonstração de manuseio do imunizante, pontos de vacinação diferenciados, entre outros detalhes cruciais para o avanço da vacinação”, detalhou.

Uma das estratégias da Prefeitura foi proporcionar à população pontos exclusivos para a vacinação contra a covid-19. Um deles foram faculdades privadas. O propósito foi alcançar o maior número de pessoas possível com a aplicação da primeira dose do imunizante. A princípio, os grupos prioritários eram profissionais da saúde e pessoas da terceira idade. Consequentemente, conforme a redução da demanda, também baixava a idade dos grupos prioritários.

Investimento em tecnologia possibilitou o agendamento da vacinaUSO DA TECNOLOGIA

A gestão municipal também contou com o suporte tecnológico, por meio do aplicativo Sasi. A plataforma foi desenvolvida em Manaus e usado como referência em Porto Velho, sob gerenciamento da Superintendência Municipal de Tecnologia da Informação e Pesquisa (SMTI). Uma estratégia que garantiu celeridade e segurança nos primeiros passos da imunização.

AMPLIAÇÃO DOS PONTOS DE VACINAÇÃO

Buscando ampliar ainda mais a oferta de imunizantes, o município passou a atuar nos bairros, dentro das escolas, contemplando as comunidades mais distantes dos pontos fixos de vacinação.

A vacinação também chegou à população em situação de rua. A Semusa atuou, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf), com o consultório de rua, contemplando cerca de 1.104 pessoas em situação de vulnerabilidade. As equipes de vacinadores estiveram, ainda, em presídios para realizar o processo de imunização.

Outros pontos que deram visibilidade ao processo de imunização foram o Porto Velho Shopping e IG Shopping, com horários de atendimentos diferenciados. Em um único dia, foi possível obter um quantitativo superior a quatro mil atendimentos.

Por via fluvial, vacinas contra a covid-19 chegaram aos distritos do baixo Madeira“Cada recorde atingido era uma alegria para nós. Pois, quando falamos em um número maior de atendimentos, nos referimos a uma quantidade maior de pessoas vacinadas”, destacou Elizeth Gomes.

VACINAÇÃO NOS DISTRITOS

Aos finais de semana, equipes de vacinadores se deslocaram para as comunidades que vivem nos eixos da BR-364, do distrito de Jaci Paraná à Extrema, por via terrestre, e por via fluvial, nas comunidades do baixo, alto e médio Madeira, começando pela Comunidade Aliança até o distrito de Calama, contemplando todas as comunidades ribeirinhas.

As ações também alcançaram 2.100 caminhoneiros vacinados. Na área rural, os atendimentos chegaram à marca de 13.110 pessoas contempladas com os imunizantes e 8.887 ribeirinhos assistidos pela ação de vacinação. A execução dessa ação contou com a parceria da Superintendência Municipal Distrital Integração e Desenvolvimento Distrital (SMD).

DRIVE-THRU

Outra estratégia foi a realização de 12 edições do drive-thru de vacinação em horários diferenciados. Inicialmente, a ação foi realizada no período da tarde. Depois, passou a ser realizada no período da noite, alcançando o público que estava saindo do expediente do trabalho.

Com o tempo, o drive-thru de vacinação se tornou parte da programação semanal da cidade, por um período, no Prédio do Relógio, às sextas-feiras.

Texto: Jaqueline Malta
Foto: Leandro Morais, Wesley Pontes e Carlos Sabino

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho