imagem do corona vírus
Se apresentar sintomas leves de gripe como: tosse, coriza, dor de cabeça, ligue: 0800 647 5225

ACOLHIMENTOVoluntários podem se cadastrar no programa Família Acolhedora em Porto Velho

17/Jan/2022 - 09:21

Pré-inscrição é feita virtualmente

Acolhimento temporário é acompanhado pelo município Pessoas que desejam ser voluntárias no Serviço Família Acolhedora já podem se inscrever no cadastro do município. O programa busca oferecer e garantir cuidados individualizados a crianças e adolescentes que estão afastados do convívio familiar, por meio de medida protetiva.

O acolhimento familiar temporário é coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf) e busca evitar sequelas afetivas e comportamentais que o acolhimento institucional pode acarretar na vida de crianças e adolescentes institucionalizados.

A ideia é que famílias voluntárias da comunidade se cadastrem, através de um formulário, e sejam capacitadas por meio de um curso para serem habilitadas por uma equipe técnica (psicólogo e assistente social) e permaneçam acompanhadas por uma equipe até que possam oferecer cuidados individualizados a este público.

A prioridade é viabilizar o retorno da criança ao convívio com a família de origem ou no encaminhamento para a adoção.

Em 2021 mais 60 crianças e adolescentes passaram por uma das cinco unidades de acolhimento de Porto Velho. As unidades são abrigos temporários para crianças e adolescentes que tiveram seus direitos violados ou foram vítimas de algum tipo de violência que resultou na retirada do convívio familiar por força de uma Medida Protetiva.

Pré-inscrição no programa pode ser feita virtualmente O serviço não tem a intenção de substituir a família de origem ou interferir no processo de adoção. Na prática, trata-se de um acolhimento provisório acompanhado por equipes da Semasf.

Outro requisito é que a família não apresente a intenção de adotar o institucionalizado, mas colaborar temporariamente até que a Justiça determine outro destino para a criança ou adolescente.

ACOLHIMENTO

A Família decide, após o curso de capacitação, a idade e o gênero da criança ou adolescente (perfil), bem como se está disponível a acolher irmãos ou não. Isso significa que todas as etapas do acolhimento são discutidas com a Família Acolhedora.

Quando uma família está apta a receber uma criança ou adolescente, é realizado um estudo para saber o quão bem-sucedido será o acolhimento. A família, durante o acolhimento, recebe uma ajuda de custo, um subsídio no valor de um salário-mínimo mensal (enquanto durar o acolhimento) para custear as necessidades da criança ou adolescente acolhido.

A pré-inscrição pode ser feita neste link. A partir de então uma equipe técnica entrará em contato para esclarecer dúvidas através do telefone de contato: (69) 98473-6021 e e-mail: familiaacolhedorapvh@gmail.com .

Texto: Renata Beccária
Foto:
Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho