PROTEÇÃOPrefeitura inicia plantio de mudas às margens do canal Igarapé da Penal

26/Abr/2021 - 15:57

Canal atravessa o bairro Flodoaldo Pontes Pinto e ficará protegido contra invasores

Aproximadamente 500 mudas de ipê, cojoba, palmeira e pata-de-vaca serão plantadas

Começou, na segunda-feira (26), a recuperação da mata ciliar da Área de Proteção Permanente (APP) do Igarapé da Penal, localizado atrás do Porto Velho Shopping. No espaço a Prefeitura de Porto Velho fará o plantio de mudas de árvores diversas.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), o trabalho, já previsto no Programa Municipal de Saneamento Básico de Porto Velho – PMSB, no âmbito dos Parques Fluviais, promove o paisagismo, educação ambiental e conscientização dos moradores sobre a preservação da natureza, além de atender o disposto no compromisso ambiental firmado entre o Ministério Público do Estado e Prefeitura de Porto Velho.

Local é limpo e preparado para receber as mudas

Aproximadamente 500 mudas de ipê, cojoba, palmeira e pata-vaca em um quilômetro de extensão na faixa que vai da avenida Pinheiro Machado até a avenida Calama.

A recuperação da mata ciliar será importante para evitar o assoreamento no canal. “Os projetos de recomposição florestal são de extrema importância, não somente por oferecer um ambiente confortável aos moradores das proximidades, como para a manutenção da biodiversidade e preservação dos recursos hídricos, pois promove a melhoria da qualidade ambiental”, diz o secretário da Sema, Alexandro Miranda Pincer, destacando o trabalho a preservação, a manutenção e recuperação da vegetação das margens ao longo dos cursos de água.

PARCERIAS

Essa atividade é desenvolvida pela Sema e atende orientação do prefeito Hildon Chaves e do vice Maurício Carvalho, para ampliar o paisagismo e arborização da capital.

Além do paisagismo e educação ambiental nas comunidades, a Sema conscientiza os moradores sobre a necessidade de preservar a natureza. “Este trabalho é, também, uma contribuição para evitar ocupações irregulares”, explica o secretário adjunto da Sema, Júnior Cavalcante.

O trabalho é desenvolvido pela Sema em parceria com a Secretaria Municipal de Obras (Semob), Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb) e uma equipe de reeducandos do sistema penitenciário.

Texto: Carlos Sabino
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho