imagem do corona vírus
Se apresentar sintomas leves de gripe como: tosse, coriza, dor de cabeça, ligue: 0800 647 5225

CUIDADOSMedidas de prevenção devem continuar depois da imunização contra a Covid-19

13/Abr/2021 - 07:57

Mesmo após a vacinação, a imunidade completa só acontece cerca de duas semanas depois da administração do imunizante

Mesmo após a vacina, os cuidados devem ser mantidosPouco mais de um ano após o início da pandemia do novo coronavírus, a população começa a receber a imunização contra o vírus, que vem sendo aplicada no grupo definido como prioritário. Mas mesmo quem já foi vacinado, deve ficar atento aos procedimentos obrigatórios para prevenção da doença, como ouso máscaras e higienização.

Em Porto Velho, mais de 69 mil pessoas foram infectadas e mais de 2 mil morreram por complicações do vírus. Para modificar este cenário, além da vacinação, cuidados individuais são necessários para controlar a pandemia.

A orientação ainda é lavar as mãos com água e sabão, usar álcool 70%, máscara, manter o distanciamento social e evitar aglomeração. “Se água e sabão não estiverem disponíveis, use álcool 70%. O produto deve ser aplicado adequadamente e esfregado para que atinja toda a superfície. É importante deixar o álcool secar nas mãos”, orienta a médica infectologista Maiara Cristina, médica do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

De acordo com a infectologista, a vacinação em massa é a medida ideal para controlar a velocidade de propagação do vírus e reduzir o número de hospitalizações. “Enquanto estamos no processo de vacinação, é importante seguir à risca os procedimentos obrigatórios, ainda mais agora, que temos novas variantes do vírus em circulação”, alerta ela.

Uso de máscaras é indispensável para tentar controlar a transmissão do vírus

Mesmo após a vacinação, cuidados pessoais são necessários para evitar a disseminação do vírus. Além do uso de máscaras, álcool 70% e distanciamento social, é importante manter o ambiente bem ventilado e higienizado, além de não promover aglomeração.

Nos casos de suspeita de infecção, o isolamento domiciliar e a identificação de outras pessoas que tiveram contato são necessários para evitar uma disseminação maior.

As recomendações incluem, ainda, ficar atento aos locais onde houver contato com superfícies. “Isto ajuda a aumentar a proteção contra uma possível infecção. Mesa, maçaneta, carrinho de compras e caixa eletrônico são locais onde a atenção deve ser redobrada. O mesmo vale para ingestão de alimentos: é importante higienizar o alimento e as mãos antes do consumo”, disse a especialista.

VACINA

Na capital, mais de 54 mil pessoas foram imunizadas contra a Covid-19, sendo mais de 43 mil com a primeira dose e mais de 10 mil com a segunda. As vacinas são aplicadas conforme o envio de novas doses e orientação técnica pelo Ministério da Saúde.

Texto: Carlos Sabino
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho