imagem do corona vírus
Se apresentar sintomas leves de gripe como: tosse, coriza, dor de cabeça, ligue: 0800 647 5225

Servidores do Palácio Tancredo Neves falam da satisfação em servir em mais de duas décadas o município

21/Dez/2012 - 10:45

  mare No Gabinete do Prefeito, no Palácio Tancredo Neves, duas servidoras contam suas histórias de vida e mostram a rotina de trabalho que vivem. Janete Rodrigues de Oliveira, 51 anos de idade e há 29 na prefeitura, desde o início trabalha no mesmo setor e conta da satisfação de trabalhar em um órgão público municipal. “Entrei no ano de 83. Sempre desempenhei a mesma função, na assessoria Legislativa, Cheguei a trabalhar com o governador Jorge Teixeira, no momento em que o executivo municipal e estadual trabalhavam em parceria”, disse.


   Janete conta que trabalhou com os prefeitos, Sebastião Valadares, Jerônimo Santana, José Guedes, Tomás Correia, Chiquilito Erse, Carlinhos Camurça, Roberto Sobrinho e agora Emerson Castro. “A rotina de trabalho é grande, mas o que realmente muda a cada gestão são as pessoas que entram. Fazemos amizade e depois elas se vão, e temos que nos adaptar com o novo pessoal. De todos os administradores um que me marcou muito foi o Chiquilito, porque os funcionários foram bastante valorizados. Além dele, outros prefeitos nos deram oportunidade de crescer. E espero que a próxima gestão dê continuidade ao que está sendo feito de bom e que segundo ele mesmo disse em seu discurso, priorize o servidor público”, afirma.


   Janete tem três filhos e diz que só foi possível, juntamente com seu esposo, dar boa educação e criá-los devido a estabilidade do trabalho na prefeitura. “Meu filho mais velho tem trinta e três anos, e é formado em direito, outro é bancário e a mais nova de vinte e três anos está concluindo medicina na Universidade Federal de Rondônia. Agradeço muito pelo investimento que pudemos dar, mediante ao trabalho na prefeitura”, disse.


Limpeza


Maristela Araújo Ramos, 60 anos, entrou na prefeitura em 1979. Ela começou trabalhando na secretaria municipal de Obras (Semob), fazendo asfalto. Passou pela Semusb, Semad e trabalha atualmente no Palácio Tancredo Neves. Ela conta sua experiência de trabalho e vivência de tantos anos. “Saí da rua e fui trabalhar na limpeza. mariMinha rotina é manter os ambientes limpos. Me sinto satisfeita ao saber que os outros colegas se sentem bem em suas salas limpas”, conta.


   Conhecida entre os companheiros de trabalho como "Estelinha", Maristela diz que veio de Rio Branco, Acre, para Porto Velho quando ainda era muito nova e recém-casada. E que devido a separação se viu obrigada a sustentar sozinha os cinco filhos. “Foi quando consegui emprego na prefeitura. Criei a todos eles, com dificuldades, mas no caminho certo. Hoje meu filho mais velho tem quarenta e cinco anos”, disse.


   A servidora não esconde de nenhum colega de trabalho o seu desejo, de quando se aposentar, visitar parentes no Acre e em São Paulo. “Nós brincamos muito uns com os outros aqui no Gabinete. São bons colegas. E eu conto que quando me aposentar quero viajar e rever amigos e parentes distantes. Vou sentir falta da rotina”, comenta.


Por: Rebeca Barca

Fotos: Medeiros


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho